terça-feira, 31 de agosto de 2010

O que é o Amor?

"Vós compreendereis verdadeiramente o que é o amor quando
deixardes de o considerar como um sentimento. O sentimento está
obrigatoriamente sujeito a variações, consoante se dirige a esta
ou àquela pessoa, ao passo que o amor verdadeiro é um estado de
consciência independente dos seres e das circunstâncias.
Amar não é ter um sentimento por alguém, mas viver no amor e
fazer qualquer coisa com amor: falar, caminhar, comer, respirar,
estudar, com amor... Amar é sintonizar todos os seus órgãos,
todas as suas células e todas as suas faculdades para que eles
vibrem em uníssono na luz e na paz. O amor é, pois, um estado de
consciência permanente. Aquele que atinge esse estado de
consciência sente que todo o seu ser está impregnado de fluidos
divinos e tudo o que ele faz é uma melodia."

Aivanhov

2 comentários:

Diego Cosmo disse...

http://dcosmo.blogspot.com/ - "cosmo a pé"

Gersika Garrido disse...

Compreendo o que o autor quis dizer e concordo. Sempre tive em mente que o amor era um conjunto de sentimentos, mas não é bem assim, na verdade ele é o centro de controle desses sentimentos. Uma paixão desenfreada pode levar a violência, havendo amor essa violência é evitada e assim podemos empregar vários outro sentimentos ao comando do amor. Gostei! Abraço!

Buscar neste blog